Acesso ao Control Lion
 
 

RECOMENDAÇÕES TÉCNICAS PARA CORREIAS TRANSPORTADORAS

PROCEDIMENTOS

EMENDAS

Este é um ponto vital para o bom funcionamento do sistema transportador, o qual deve ser acompanhado por inspeções periódicas.

As emendas devem ser, executadas por profissionais aptos conforme procedimentos difundidos amplamente, com vulcanização “a quente” ou “a frio”.

Emendas mecânicas são recomendadas em situações em que não seja possível realizar as opções acima indicadas, ou como paliativos em que se necessite a imediata. Retomada produtiva, Lembrando que devem ser. desativados os raspadores e guias laterais.

 

GUIAS LATERAIS

Nunca utilizar correias ou borracha com lonas como guia lateral. Existem no mercado boas opções de produtos específicos para esta finalidade, com alto desenvolvimento tecnológico de elastômeros os quais oferecem baixo índice de desgaste por abrasão, sem. oferecer danos à correia.

Sugerimos que sejam instaladas 90º em relação à correia, friccionando a superfície da mesma, atritando, borracha x borracha, permitindo assim uma melhor vedação e evitando o acúmulo de material entre a guia e a correia, fato que poderá provocar desgaste por abrasividade localizado na região de atuação das guias.

 

TAMBORES DE ACIONAMENTO, RETORNO E DESVIOS

Para um perfeito tracionamento e alinhamento da correia é fundamental que se mantenham os tambores limpos, livres de incrustação ou desgaste de seu revestimento que deformem sua superfície.

Todos os tambores devem estar paralelos entre si e perpendiculares em relação à linha de centro do transportador.

 

ROLETES DE CARGA E RETORNO

Roletes travados são agentes responsáveis por grande parte da redução da vida útil das correias transportadoras, pois oferecem severas condições de desgaste por abrasividade das coberturas.

Roletes impregnados dificultam o alinhamento da correia. O conjunto (cavalete + roletes) deve estar devidamente alinhados perante a estrutura do transportador.

 


SISTEMAS DE LIMPEZA

Existe no mercado vasta oferta de raspadores e limpadores, com. tecnologia desenvolvida às necessidades de cada aplicação.

É totalmente desaconselhável que se utilizem adaptações com pedaços de correias para esta finalidade.

Em um equipamento que apresente um sistema de limpeza eficiente, inibe-se o nível de impregnação de roletes e tambores.

 

SISTEMA DE ABSORÇÃO DE IMPACTO

É de extrema importância, visando-se preservar a integridade da correia, um sistema de absorção de impacto eficiente ( mesa de impacto ou conjunto de roletes de impacto com anéis de borracha ). Também é relevante a análise da altura e velocidade da queda do material sob o chute de alimentação.

 

ALIMENTAÇÃO CENTRALIZADA

Para um alinhamento eficiente da correia, é necessário que sua alimentação esteja entralizada. Em situações em que a alimentação não ofereça estas condições, o material será depositado sobre a correia e tenderá a se deslocar para o centro do transportador, “empurrando” a correia para a lateral.

 

ALINHAMENTO

São inúmeras as variáveis que podem interferir, dificultar ou até mesmo impossibilitar o alinhamento de uma correia transportadora.

Abaixo relacionamos alguns tópicos para uma análise corretiva preliminar:

  • Alinhamento, nivelamento e paralelismo das secções do transportador e tambores
  • Alinhamento dos cavaletes de carga e retorno
  • Guias laterais instaladas inadequadamente
  • Emenda desalinhada
  • Laminação de correia irregular
  • Impregnação de material em tambores e roletes
  • Alimentação descentralizada
  • Sistema de contra peso (esticador de gravidade) desalinhado em relação à estrutura
  • Sistema de esticador por parafuso desregulado
  • Correia inadequada para a aplicação (superdimensionada), não acama nos roletes.

Copyright © 2021 - Desenvolvido pela Agência de Site Jundiaí - Política de Privacidade e Cookies